Endereço:

Rua Vergilio Ferreira, Nº 11
8005-546 FARO

email:

grupo@grei.pt

A Escuridão Entre as Estrelas

Created by potrace 1.16, written by Peter Selinger 2001-2019
Cadernos do GREI nº15

CADERNOS

do GREI

É na relação com o outro que os sujeitos procuram o sentido da proteção em momentos difíceis da vida. A partir dos cuidados que recebem, criam representações mentais, que os ajudam a interpretar os acontecimentos do quotidiano. O seu bem-estar psicológico depende da presença de outros significativos, sejam eles figuras humanas ou através de relações vinculativas com o Divino.

O amor é um estado extraordinário, profundo, terno e compensador.
Devido à sua natureza íntima e pessoal é considerado por alguns como um assunto impróprio para a investigação (…).
O pouco que sabemos do amor (…) e o pouco que escrevemos a seu respeito foi mais bem escrito por poetas e romancistas (…)
Harry F. Harlow
in A natureza do amor (1958)

Vinculação a Deus, relação com o divino e espiritualidade.

Através da vinculação, o ser humano encontra no seu cuidador um porto onde se abriga das dificuldades inerentes à vida e restaura o seu sentido de segurança. É também das experiências que vivencia que se percebe e reconhece características distintivas entre si e o outro que serão embriões das representações mentais que o ajudarão a perceber e a interagir nas relações sociais.

Da presença de um outro disponível e cuidador depende o bem-estar psicológico dos indivíduos. Quando isto ocorre e estamos perante vinculações seguras, observa-se um florescimento de características psicológicas típicas de desenvolvimentos positivos como os afetos positivos, as competências sociais, a autoestima, a resiliência, o sentido da vida ou o otimismo. Pelo contrário, quando o historial é de cuidadores insensíveis ou inconstantes, desenvolvem-se vinculações inseguras, que são promotoras de trajetórias desadaptativas com psicopatologias como a depressão ou a ansiedade.

Deus, principalmente em contextos religiosos monoteístas, apresenta características que o tornam uma figura de vinculação adequada. Pelas suas qualidades de omnipotência, omnisciência e omnipresença, constitui-se como um outro mais forte e mais sábio, potenciando os sentimentos de segurança e conforto nos crentes que o procuram em momentos de emergência.

Partilhar o artigo

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email
GREI BRANCO

Entrar em contacto