As políticas educativas para o sector da educação de adultos em Portugal As políticas educativas para o sector da educação de adultos em Portugal
14 fevereiro, 2013

As políticas educativas para o sector da educação de adultos em Portugal: As novas instituições e processos educativos emergentes entre 1996-2006

A educação de adultos constitui-se como o tema geral da investigação que agora apresentamos neste livro, e que ambiciona contribuir para aprofundar o entendimento deste sector educacional como objeto sociológico, e mais especificamente, como objeto de políticas educativas e sociais a ser estudado sociologicamente.

Prefácio do Professor Doutor Licínio Lima e Comentários do Professor Doutor Carlos Alberto Torres e do Professor Doutor António Teodoro
Recensão de: Lopes, Liliana (2014)

Assim, se um dos objetivos gerais da pesquisa que suporta o livro visa, desde logo, enriquecer o debate científico da sociologia da educação ( e das ciências da educação) que, em contexto português, só recentemente se tem debruçado de forma mais sistemática sobre as especificidades da educação destinada a uma população adulta, há também um segundo objetivo geral. correlacionado com o primeiro, em que se pretende avançar hipóteses para esclarecer o recente volte face ocorrido em Portugal na agenda das políticas educativas, que seria responsável por alterar, em apenas uma década, a tradicional situação de marginalidade do sector, que de área esquecida passa a área protagonista nos discursos políticos sobre educação.

Disponível em: UAlg - Universidade do Algarve

Modificado em domingo, 02 maio 2021 02:32

Deixe um comentário

Certifique-se de inserir todas as informações necessárias, indicadas por um asterisco (*). O código HTML não é permitido.

Não quer perder as novidades? Subscreva

Nome*
Email*

Nós não enviamos spam para sua caixa de correio.

Confirmo*

que li e aceito a Política de Privacidade

Subscrever


Temos por propósito fundamental contribuir para a reflexão conducente ao diálogo interdisciplinar entre vários domínios do conhecimento, nomeadamente nas áreas das ciências, das artes e da filosofia.