Teorias Leigas em Pessoas Idosas Teorias Leigas em Pessoas Idosas
15 novembro, 2014

Teorias Leigas em Pessoas Idosas

As teorias leigas – também designadas de senso comum ou ingénuas – constituem marcos de referência que influenciam a percepção e a interpretação da informação relativa aos aspetos sociais e aos pensamentos com eles relacionados. Podem ser aplicadas a diferentes domínios, como é o caso da saúde e da doença, e ser focalizadas junto de populações diversas, nomeadamente o grupo de idosos.

(…) Todos os valores do indivíduo estão organizados num sistema único cuja preservação é essencial para o indivíduo (…).
Este vê o mundo segundo a sua própria perspectiva, encarando-se a si mesmo como o centro.
Todo o valor que penetre no sistema e seja inconsistente com a própria avaliação que o indivíduo faz de si mesmo não poderá ser assimilado (…).
Prescott Lecky
in Self-consistency: A theory of personality (1961)

Principais desafios na área da saúde e da doença.
Autor: Cláudia Luísa

Deixe um comentário

Certifique-se de inserir todas as informações necessárias, indicadas por um asterisco (*). O código HTML não é permitido.

Não quer perder as novidades? Subscreva

Nome*
Email*

Nós não enviamos spam para sua caixa de correio.

Confirmo*

que li e aceito a Política de Privacidade

Subscrever


Temos por propósito fundamental contribuir para a reflexão conducente ao diálogo interdisciplinar entre vários domínios do conhecimento, nomeadamente nas áreas das ciências, das artes e da filosofia.