Exibir por etiqueta: Cadernos do GREI

segunda-feira, 01 julho 2013 09:22

Desenvolvimento Pessoal na Sociedade Emergente

Partindo da historicidade do conceito de desenvolvimento psicológico, problematiza-se a sua importância para compreender a pessoalidade face aos desafios da sociedade emergente. Sublinha-se igualmente a necessidade de novos olhares, a fim de contribuir para os fundamentos de um futuro paradigma. Neste âmbito, deve destacar-se a abordagem da psicologia positiva e a concomitante construção pessoal, em termos de complexidade e subjetividade.

Quando se estabelece o contacto entre o saber das coisas e as próprias coisas, visitadas e compreendidas, o deslumbramento cresce de tal modo que fez de Einstein um panteista e de Júlio Verne um romancista impregnado de mitos e religiões.
Michel Serres, in Júlio Verne: da ciência ao imaginário

Novos olhares em busca de um paradigma.
Autor: Helena Ralha-Simões

 
Publicado em Cadernos do GREI
quinta-feira, 20 junho 2013 11:08

Atitudes Parentais e Resiliência

No presente texto aborda-se a qualidade da parentalidade enquanto fator de resiliência no adolescente e destaca-se a importância do afeto e das práticas educativas. Presume-se ainda que o modo como são percecionadas as atitudes parentais pode contribuir para o desenvolvimento de capacidades resilientes, a fim de propiciar recursos que capacitam no sentido de enfrentar a adversidade.

Se uma imaginação ilimitada quanto ao que poderemos vir a tornar-nos constitui uma herança da idade lúdica, então é ainda mais evidente a boa vontade que o adolescente demonstra, ao depositar a sua confiança nos seus pares e nos mais velhos que o guiam - ou que o ajudam a perder-se - e que fornecerão às suas aspirações um campo de ação imaginário ou mesmo ilusório.
Erik Erikson, in Adolescência e crise

As práticas educativas e o desenvolvimento psicológico dos adolescentes
Autor: Nora Almeida Cavaco

Publicado em Cadernos do GREI
sábado, 01 junho 2013 11:08

Epistemologia e Construção do Conhecimento

A partir da importância da dimensão epistemológica na construção do conhecimento, salienta-se a relevância da abordagem construtivista-ecossistémica. A fim de elucidar esta problemática, focam-se os contextos educacionais, no sentido de fazer emergir um novo modelo que possibilite o consolidar da educação como ciência.

A teoria dos sistemas e as investigações interdisciplinares surgem pois, de facto, estreitamente ligadas. O seu interesse pela síntese dos conhecimentos poderia, na nossa época de preocupações materialistas, passar por um luxo supérfluo. A sua importância para o tratamento e compreensão dos sistemas complexos (...) é já susceptível de merecer maior atenção.
Pierre Delattre, in Teoria dos Sistemas e Epistemologia

Uma abordagem dos contextos educacionais

Autor: Carlos Marques Simões

 
Publicado em Cadernos do GREI
Pág. 4 de 4

Não quer perder as novidades? Subscreva

Nome*
Email*

Nós não enviamos spam para sua caixa de correio.

Confirmo*

que li e aceito a Política de Privacidade

Subscrever


Temos por propósito fundamental contribuir para a reflexão conducente ao diálogo interdisciplinar entre vários domínios do conhecimento, nomeadamente nas áreas das ciências, das artes e da filosofia.