Exibir por etiqueta: Carla Fonseca Tomás

Este livro, sob a organização e coordenação de Helena Ralha-Simões, é uma coletânea de estudos, investigações e reflexões em torno de uma realidade que começou a emergir a partir dos anos 70 e foi recebendo sentidos e interpretações distintas no decorrer dos últimos 40 anos, em vários países e, porventura, continentes.

Os temas aqui desenvolvidos vão da triangulação epistemológica dos conceitos de resiliência, identidade e pessoalidade (Carlos Marques Simões), a um conceito interdisciplinar, ainda vago e à procura do futuro (Helena Ralha-Simões), passando pela resiliência em português: do soletrar ao senso comum (Ana Maria Albuquerque), como salto para a adaptação (Celeste Simões) ou em situações de violência (Simone Gonçalves de Assis, Suely Ferreira Deslandes e Fernanda Serpeloni), focalizando finalmente o envelhecimento com resiliência e sabedoria (Maria Helena Martins), os conceitos e contextos de resiliência (Nuno Álvaro C. Murcho) e a espiritualidade e a resiliência (Carla Fonseca Tomás).

A resiliência humana, nas sociedades dos nossos dias, interpela-nos diretamente, num reequilíbrio permanente, dinâmico e dialético que atravessa, envolve e contagia a realidade física, biológica, psicológica, social, cultural, espiritual e se condensa e exprime como o seu autêntico modo de ser, de estar e de se tornar mais humano.

Continuar a investigar, a estudar e a refletir sobre a resiliência é um tema sério que se tornou mais urgente e obrigatório nas sociedades globalizadas emergentes dos nossos dias em que a resiliência é e será uma espécie de modo de ser e de estar do ser humano na sua grande aventura consciente e livre de se tornar mais humano e de ser feliz.

Autores: Helena Ralha-Simões (organização), Carlos Marques Simões, Ana Maria Albuquerque, Celeste Simões, Simone Gonçalves de Assis, Suely Ferreira Deslandes, Fernanda Serpeloni, Maria Helena Martins, Nuno Álvaro C. Murcho e Carla Fonseca Tomás

Poderá ser adquirido em:

Resiliência - Novos olhares face aos desafios do nosso tempo (SitiodoLivro.pt)

Publicado em Livros
quarta-feira, 10 setembro 2014 00:34

Relações Que Curam

O Homem é um ser naturalmente relacional, e as interações que desenvolve na sua dimensão espiritual - seja com o Divino seja com outros que partilham a mesma visão do mundo – modelam a forma como vive e interpreta os acontecimentos da sua vida, mesmo em momentos críticos, podendo funcionar como promotores de estados de saúde e bem-estar.

O Deus (...) autor das verdades geométricas e da ordem dos elementos (...) que exerce a sua providência sobre a vida e sobre os bens dos homens (...) é um Deus que enche a alma e o coração daqueles que possui (...) que se une no fundo da sua alma (...).
Blaise Pascal
in Pensées (1670)

A evolução espiritual como fator de saúde e bem-estar psicológico.
Autor: Carla Fonseca Tomás

Publicado em Cadernos do GREI
segunda-feira, 05 maio 2014 00:13

A Escuridão Entre as Estrelas

É na relação com o outro que os sujeitos procuram o sentido da proteção em momentos difíceis da vida. A partir dos cuidados que recebem, criam representações mentais, que os ajudam a interpretar os acontecimentos do quotidiano. O seu bem-estar psicológico depende da presença de outros significativos, sejam eles figuras humanas ou através de relações vinculativas com o Divino.

O amor é um estado extraordinário, profundo, terno e compensador.
Devido à sua natureza íntima e pessoal é considerado por alguns como um assunto impróprio para a investigação (...).
O pouco que sabemos do amor (...) e o pouco que escrevemos a seu respeito foi mais bem escrito por poetas e romancistas (...)
Harry F. Harlow
in A natureza do amor (1958)

Vinculação a Deus, relação com o divino e espiritualidade.
Autor: Carla Fonseca Tomás

Publicado em Cadernos do GREI
domingo, 01 setembro 2013 10:18

Psicologia da Espiritualidade

A espiritualidade surge interligada com momentos-chave do ciclo de vida na busca de respostas, além do aqui e agora, que deem significado às vivências dos sujeitos que, face ao sofrimento, recorrem ao Transcendente como estratégia adaptativa. Assim, uma intervenção psicológica eficiente deve assumir o desenvolvimento pessoal numa perspetiva global, integrando, além das dimensões cognitiva, emocional e física, a dimensão espiritual.

Nós não somos seres humanos a ter uma experiência espiritual. Somos seres espirituais a viver uma experiência humana. 
Pierre Teilhard de Chardin , in The Phenomenon of Man 

Revisão teórica, conceitos emergentes e principais desafios
Autor: Carla Fonseca Tomás

Publicado em Cadernos do GREI

Não quer perder as novidades? Subscreva

Nome*
Email*

Nós não enviamos spam para sua caixa de correio.

Confirmo*

que li e aceito a Política de Privacidade

Subscrever


Temos por propósito fundamental contribuir para a reflexão conducente ao diálogo interdisciplinar entre vários domínios do conhecimento, nomeadamente nas áreas das ciências, das artes e da filosofia.